Histórico da Feira de Santa Rita

A feira de Santa Rita começou no ano de 1983, com barraquinhas de madeira na Praça Osvaldo Cruz. Ali se realizaram as feiras até o ano de 1986.

A Feira cresceu e se fez necessário um lugar maior. Passamos então para o Edifício Castelo Branco onde na época funcionava a secretaria de Estado da Administração. Hoje o Museu Oscar Niemeyer. Lá foram realizadas as feiras de 1987 até 2000.

Quando o edifício entrou em reforma para tornar-se museu tivemos que mudar novamente de local. Durante dois anos, 2001 e 2002 se realizou no interior do Shopping Batel. Ocupávamos 3 andares do prédio, em função do tamanho que já estava a feira.

Depois disso , em 2003, graças a interferência da Prefeitura Municipal de Curitiba passamos para o Pavilhão do Parque Barigui, ali permanecendo até 2010, quando o mesmo foi privatizado e entrou em reforma.

A FIEP então gentilmente nos ofereceu o Pavilhão Horácio Coimbra para realizarmos nosso evento. Lá foram fizemos as feiras de 2011 e 2012.

No ano de 2013 à pedido do nosso prefeito , Sr. Gustavo Fruet,  retornamos ao pavilhão de exposições do Parque Barigui. Vale salientar que em todos os lugares onde passamos nunca nos cobraram aluguel ou qualquer tipo de porcentagem pelo empréstimo.

De 2014 até os dias de hoje continuamos no Pavilhão do Parque Barigui, gentilmente cedido pela Prefeitura Municipal de Curitiba.

As operárias da Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia são persistentes e lutadoras, pois com todas as dificuldades de local, a Feira nunca foi interrompida desde sua inauguração em 1983. Ao contrário, só cresceu e tornou-se cada vez mais conhecida e frequentada pelos curitibanos.

A Feira de Santa Rita consiste num evento tradicional em Curitiba, há 36 anos, fazendo parte do calendário anual de eventos nesta Capital, com entrada franca, pois se trata de uma feira de caridade.

A Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia promove este evento, para atender as mais de 160 entidades que fazem parte do seu cadastro. Nesta Feira, são montados em torno de 145 stands, de artesanato e praça de alimentação.

Todas as pessoas envolvidas no projeto são voluntárias pertencentes à Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia, que organiza e paga o evento. Participam também desta Feira, entidades sem fim lucrativo, convidadas pela Associação e expositores.

Durante a Feira, são apresentadas atrações artísticas na praça de alimentação. A abertura e encerramento da feira são acompanhadas pelas bandas da Polícia Militar e Banda Lyra, quando estão presentes autoridades civis e militares convidadas pela Associação.

No domingo, é celebrada Missa solene, com a participação de todas as operárias, familiares e visitantes, com procissão da padroeira Santa Rita, envolvendo todos os participantes do evento.

A estimativa de público na Feira é de aproximadamente 30.000 pessoas, entre visitantes, expositores e participantes.

A verba arrecadada é destinada ao Natal das 160 entidades cadastradas na Associação, bem como ajudar às entidades participantes como convidadas da Feira.

Em 2014 continuamos no Pavilhão do Parque Barigui nos dias 28 /29 / 30 de novembro .
A Feira  contou com  de 150 stands de bazar, uma praça de alimentação com 800 lugares e 36 restaurantes e lanchonetes, estimando-se que nos visitaram nos três dias aproximadamente 20.000 pessoas.

Dá para perceber que as operárias da Associação e Oficinas de Caridade Santa Rita de Cássia são persistentes e lutadoras, pois com todas as dificuldades de local , a mesma não foi interrompida nenhum ano depois de sua inauguração em 1983. Ao contrário, só cresceu e tornou-se cada vez mais conhecida e frequentada pelos curitibanos.

Bingo na 1ª Feira de Santa Rita.jpgDiretoria Geral da 1ª Feira de Santa Rita.jpgFeira Santa Rita 2.jpgFeira Santa Rita 3.jpgFeira Santa Rita 4.jpgFeira Santa Rita.jpg

Fotos da Feira de 2015: